Sobre calibrar as ações de marketing pelo olhar do sênior

Sênior é um termo usado como comparativo de superioridade, título que se dá a pessoa mais velha, com mais tempo de experiência, seja no ambiente social ou corporativo. Então imagine conseguir enxergar pela lente do sênior durante o desenvolvimento e implementação das estratégias de marketing para sua empresa, produto, serviço e experiência? Com certeza essa visão seria de ambientes mais amigáveis, com lojas mais acessíveis, gôndolas mais inteligentes, atendimento cordial, produtos mais fáceis de usar, rótulos mais fáceis de ler, propagandas mais realistas e inclusivas e relacionamentos com mais engajamento.

É isso que acontece quando desenvolvemos estratégias sob o olhar do sênior: exercitamos o olhar crítico, o questionamento, saímos da zona de conforto e passamos a aplicar os princípios de marketing que aprendemos e por vezes não praticamos. Não é tarefa simples, é preciso de tempo e dedicação para navegar nesse mar de aprendizagem. Uma jornada que só aumenta a minha admiração e respeito pelo sênior.

Tudo começou em 2015 quando criei o blog Amo Minha Idade para colocar de pé um projeto muito antigo de oferecer informações e atividades para as pessoas mais velhas. Foram 3 anos de muitos aprendizados. O maior deles é que para dar certo, qualquer iniciativa para o sênior deve colocá-lo na posição de protagonista. Hoje a maioria dos editores que escreve no blog são pessoas com idade acima de 60 anos.

Em 2016 criamos o Hype60+, uma consultoria de marketing especializada no público sênior. De lá pra cá exploramos as informações disponíveis no mercado, e como não eram suficientes, passamos a criar estudos para aprimorar nosso conhecimento sobre perfil, comportamento e necessidades, além de estudar tendências sobre o mercado de envelhecimento. Logo começamos a atender empresas de diversos portes e setores para desenhar e implementar estratégias de marketing para o público sênior.

Foi durante o processo de descoberta de informações de mercado que nos deparamos com a invisibilidade da consumidora madura. Em um mergulho mais profundo, descobrimos uma série de questões a serem resolvidas:

  • 57% dizem que faltam produtos para elas
  • 92% não se sentem representadas pela comunicação das marcas de cosméticos
  • somente 1/3 são impactadas com as propagadas
  • 83% das mulheres acham importante a beleza.
  • 80% das mulheres acima de 60 anos consomem cosméticos
  • 64% usam cosméticos para sua faixa etária
  • 27% têm interesse em produtos antienvelhecimento para cabelos

Ao explorar o estilo de vida das mulheres maduras aprendemos que a idade pode influenciar hábitos e orientações, mas não é determinante para definir o seu perfil e estilo de vida. Como qualquer outro grupo, a geração de pessoas maduras é movida por atitudes e mentalidades complexas. Para ganhar confiança e respeito, as marcas precisam lutar por uma compreensão muito mais profunda delas e considerar sua complexidade.

Uma multiplicidade de fatores pode influenciar seu estilo de vida e sua mente: se elas têm um parceiro ou moram sozinhos; se trabalham ou estão aposentadas; se possuem propriedade ou não; se gozam de saúde total ou não. Sem mencionar a educação, carreira, se elas têm filhos, seus interesses, sua comunidade; tudo isso impacta dramaticamente o modo como as mulheres desta faixa etária vivem.

Portanto os nossos modelos de marketing voltados para as gerações mais jovens não costumam gerar resultado nesse target. É preciso dar voz, entender, valorizar as mulheres maduras. É necessário colocá-la no centro das ações, dar protagonismo.

E foram estas as razões que nos levaram a criar um programa de relacionamento com as mulheres maduras brasileiras. Uma jornada de conhecimento que inicia em setembro de 2018 e irá culminar no maior evento dedicado as consumidoras mais ativas e envolvidas da atualidade: – Beleza Pura, o evento que irá celebrar a real beleza da mulher madura.

Se a sua marca quer se posicionar como a número para as mulheres maduras, apoie esse movimento. Vamos nos envolver e aprender para realizarmos o evento que, sob a perspectiva do sênior, se propõe a ser pioneiro em atender as necessidades deste respeitável público: mulheres 50+.


Também publicado no Medium. Siga-nos!

mm

Bete Marin

Co-fundadora das empresas Hype60+, Amo Minha Idade, ED Comunicação e ED Promoção e Eventos e sócia da Virada da Maturidade São Paulo. 20 anos de experiência em planejamento estratégico, comunicação integrada, eventos e festivais. Formada marketing, pós-graduada em comunicação pela ESPM e MBA pela FGV São Paulo.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.