Você sabe o que são robôs sociais?

Estudos apontam que adultos mais velhos passam muito tempo sem companhia, e se sentem muito solitários – seja porque as famílias estão cada vez menores e mais ocupadas ou porque alguns idosos ainda não tem tanta familiaridade com tecnologias como smartphone, tablets e computadores. O papel dos robôs sociais é de, além de facilitar o acesso às facilidades que a tecnologia proporciona e diminuir as distâncias entre os maduros e suas famílias e amigos, atuando como um grande companheiro no dia a dia. ElliQ e Jibo são dois robôs desenvolvidos não para realizar atividades mecânicas, mas sim para auxiliar em atividades sociais. São robôs interativos, que reconhecem seu rosto e voz e que te acompanham diariamente.

Na última edição do Aging2.0 conhecemos a ElliQ, uma robô criada especialmente para facilitar o acesso dos mais velhos à tecnologia. Desenvolvida por um time com foco no bem estar, segurança e qualidade de vida dos 60+, a ElliQ consegue reconhecer, além de vozes e rostos, expressões faciais, identificando sentimentos e sugerindo (por conta própria!) atividades, programas ou ajuda. Seu atrativo principal é sua habilidade de sugerir atividades espontaneamente, como dar uma volta ao parque, tocar uma música, ouvir um audiobook ou assistir a um programa pelo tablet. Ela aprende seus gostos e preferências, se adaptando à sua rotina e personalidade.

Por comandos de voz, ela pode iniciar chamadas de vídeo, tirar, receber e partilhar fotos com familiares por meio de redes sociais, criar lembretes e dar acesso a um calendário virtual, os dois últimos podendo ser compartilhados e editados pela família. A ElliQ também monitora o ambiente, recebendo informações sobre temperatura e sugerindo ajustes.

O Jibo, outro robô social, também reconhece rostos e vozes, atuando como um ajudante informativo. Bem humorado, ele conta piadas e pode te dizer, por comandos de voz, a previsão do tempo, onde é o café mais próximo, o horário do seu vôo e até dançar! O Jibo, assim como a EliiQ, também pode tirar fotos, e essas são salvas num aplicativo no seu celular.

Com tanta novidade, fica claro para nós que os robôs sociais são um grande avanço e que estão aqui para serem nossos companheiros em tempo integral, atuando como amigos e facilitadores do acesso à tecnologia, combatendo o ócio e encurtando distâncias. Para os 60+ são ainda mais relevantes, fazendo uma ponte entre a família, independência e segurança. O que será que vem pela frente?


Também publicado no Medium. Siga-nos!

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.